quinta-feira, 20 de junho de 2013

VOCABULÁRIO DA MÚSICA ELETRÔNICA




Além de ser “importado”, devido ao grande número de expressões em inglês, a publicação diz que a lista está também repleta de estilo.

Para quem ainda não domina o vocabulário, ou para quem está em dúvida quanto a um termo, nada como uma aula com as principais gírias da e-music. Até porque não dá para ficar pra trás. Portanto, confira a seguir o significado de algumas das palavras mais faladas entre DJs, público e profissionais da música eletrônica nacional e gringa:

- Acid Jazz – entre tantos subgêneros da música eletrônica, esse é um estilo que usa instrumentos acústicos e elétricos que faz uso principalmente de outros gêneros, como o Breakbeat e o Funk para as suas composições. Esse subgênero é anterior ao Acid House, no entanto, ficou conhecido quando o primeiro estouro e o Acid Jazz acabou mudando de nome – antes era denominado Jazz dance ou Rare Grooves. Entre seus expoentes, alguns nomes em destaque são Miles Davis, Winton Marsalis, Guru, US3 e Herp Albert, entre outros.

- After hours – é a balada que inicia no final da madrugada ou ao amanhecer e se estende pelo restante do dia, geralmente, é a continuação de uma festa que iniciou no dia anterior.

- Back spin – técnica utilizada pelo DJ quando ele volta rapidamente o disco, ou seja, quando o DJ puxa o disco para trás com um só empurrão.

- Back toback – é a repetição de um trecho da música, feita a partir de duas cópias do mesmo disco. Para tanto, o DJ brinca com a divisão dos compassos, cortando e abrindo o som de uma pick-up para a outra. Também existe back to back com dois DJs, que se revezam no toca discos.

- BPM – sigla fechada de “batidas por minuto”, isto significa a quantidade de batidas de marcação do ritmo por minuto, referindo-se ao andamento de uma música. Além disso, cada subgênero da música eletrônica se define dentro de uma faixa de BPM, para estipular a velocidade do ritmo.

- Beat – é o mesmo que “batida”, a união do bumbo e caixa (pedal), em outras palavras, a base do ritmo.

- Bootlegs – são as gravações de áudio ou vídeo do trabalho de um artista ou banda remixados por um DJ, que muda o BPM e arranjos da música. Geralmente os Bootlegs usam a base de uma música e o vocal e arranjos de outra